8 Pequenas Mudanças na Alimentação que fazem a diferença

Todos nós precisamos de comer todos os dias e, por isso, as mudanças que implementamos na nossa dieta podem ter um impacto significativo na nossa saúde, no nosso aspeto e na nossa performance. Aqui ficam algumas dicas simples que podem ter um impacto positivo daqui para a frente.

  1. Bebe mais água.

A água é fundamental nesta mudança e deves ter sempre água contigo para ires bebendo ao longo do dia. Para além de todos os benefícios já conhecidos, existem cada vez mais estudos que demonstram que o aumento da ingestão de água facilita a perda de peso.

  1. Come mais devagar.

O teu ritmo durante a refeição infuencia a quantidade de comida que ingeres. Existem estudos que relacionam o ritmo alimentar com a obesidade e concluíram que os “fast eaters” têm 115% mais probabilidade de ser obesos que os “slow eaters”.

  1. Reduz o consumo de açúcar.

O açúcar é um super-inimigo do teu corpo e deves deixar de o utilizar. Não tenhas açúcar branco em casa. Se colocas açúcar no teu café, começa por reduzir para meio pacote. Mas tem como objetivo deixar de usar. No início custa mas depois o café até saberá melhor. Se comes “SÓ” um bolinho, um docinho de sobremesa, ou uma bolachinha por dia (ou por refeição), começa por reduzir a dose. Mas lembra-te: o açúcar é mesmo para eliminar. Não te preocupes, o corpo vai buscar a energia aos alimentos saudáveis!

  1. Come sopa.

A sopa não só é super-rica nutricionalmente como irá ajudar-te a reduzir a fome para o prato principal. E para além disso é fácil de fazer e de conservar para ires comendo durante a semana. Utiliza legumes diversos. Utiliza batata. Varia, experimenta, pesquisa. Habitua-te a comer sopa.

  1. Utiliza o mínimo de gordura possível para cozinhar.

Sim, até o azeite deve ser reduzido. Repara: 1 colher de sopa de azeite tem cerca de 100 calorias. Quer dizer que qualquer colher de sopa a mais estará a dificultar a restrição calórica. Se o objetivo é perder peso, já estás a complicar o processo.

  1. Não vás às compras sem ter uma lista. E compra só o que está na lista.

Se não sabes exatamente o que precisas vais dar espaço à “compra de impulso”. Ou seja, vais comprar algo que viste e te apeteceu. Para contrariar esta vontade, planeia e faz uma lista de compras antecipadamente. Para além disso, se planeares as compras antecipadamente vais incluir mais alimentos saudáveis porque estás a fazer uma compra consciente.

E também não vás às compras com o estômago vazio. Vai dar mau resultado!

  1. Experimenta 1 receita saudável por semana.

Pensar em cada refeição pode ser uma frustração constante, portanto o normal é que as pessoas cozinhem repetidamente as mesmas receitas. Mesmo que estas sejam saudáveis, é sempre positivo experimentar algo novo. Coloca este objetivo de fazer uma receita nova cada semana. E assim, enquanto adicionas receitas à tua rotina, vais também alterar o teu padrão de consumo de nutrientes.

  1. Sê mais ativo.

Uma boa alimentação e o exercício são ótimos companheiros um do outro. Em conjunto conseguem influenciar positivamente o teu humor e a imunidade do teu corpo a doenças tanto físicas como emocionais (ansiedade, depressão, stress). E claro, o exercício vai ainda fortalecer os teus músculos o os teus ossos, vai melhorar o funcionamento do teu sistema cardíaco, e a qualidade do teu sono.

Para terminar

Um dos maiores fatores de insucesso das dietas está relacionado com o radicalismo com que se assume esse objetivo. Como diz o título deste texto, acreditamos mais no poder das pequenas mudanças! Por isso vamos assumir uma atitude positiva em relação a esta mudança. Como?

- compreende – é indispensável perceberes o que estás a fazer e o resultado que isso vai ter. Se queres ser mais saudável e comer melhor, então estás à procura de uma atitude para a vida, algo duradouro. Portanto, será gradual, levará o seu tempo, mas o teu corpo irá agradecer.

- simplifica – certamente não queres ter uma preocupação constante com a contagem de calorias ou com as quantidades. Isso é stressante! Vais antes pensar na dieta em termos de cor, variedade e frescura. Desta forma será mais fácil fazer as escolhas certas.

- começa devagar – Dá um passo de cada vez pra que seja sustentável, para que seja agradável e para que seja duradouro.

Podes também ver o nosso artigo que sugere 5 mudanças simples para seres mais saudável.

Caso necessites de uma ajuda extra com a tua alimentação ou sintas que não tens motivação suficiente para fazer este caminho sozinho, vê os planos alimentares  GetFit.

E claro, não te esqueças que um estilo de vida saudável engloba também o descanso .

 

 

Deixa um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem publicado.