Os ginásios reabriram. Mas será seguro regressar já?

Depois de alguns meses fechados devido à pandemia, os ginásios, academias, e espaços de treino em geral voltaram a abrir. Mas a realidade de hoje é bem diferente do que era há 4 meses, antes do Estado de Emergência, causado por este vírus, ter obrigado ao seu encerramento.

Quem treinava estava ansioso por este momento. Por voltar a treinar com carga, por voltar a ter toda uma diversidade de aulas e/ou de materiais, por reencontrar o professor, o amigo, o PT...
Mas será que já é mesmo seguro voltar ao ginásio?

Bem, a resposta é incerta: Apesar de ainda não existirem evidências da disseminação do vírus através do suor, é certo que existe transmissão por via das gotículas expelidas ao respirar. A dúvida da ciência ainda é: quanto tempo é que estas gotículas permanecem nas superfícies ou suspensas no ar e ainda.

Então, talvez a chave seja cada um fazer 3 perguntas a si mesmo:

“Qual é a minha tolerância pessoal ao risco?”

“Se ficar infetado, qual a probabilidade de contagiar alguém de risco?”

“Quais as consequências se eu ficar infetado?”

Com estes factos em mente, cada um deverá analisar a sua situação e tomar a melhor decisão. E talvez ainda possamos prosseguir os nossos objetivos longe dos ginásios.

Ficam algumas dicas.

1 – Mantém a rotina de treino que tinhas antes da reabertura.

Se estavas a conseguir treinar antes da reabertura, vais conseguir manter as tuas rotinas. Sim, claro que nem todos conseguimos treinar bem ou tão afincadamente como desejaríamos, mas se as opções são “treinar menos mas em segurança” vs “treinar forte e correr riscos”... faz a tua escolha de forma sensata!

2 – Nesta fase já podemos sair à rua. E treinar na rua sabe tão bem!

Se tiveres cuidado e mantiveres as devidas medidas de segurança – como o distanciamento social e a proteção individual – é uma excelente solução.
Aproveita o ar livre e o bom tempo para umas corridas ou caminhadas. Se tiveres um plano de treino, sai à rua e faz os exercícios no jardim, ou no parque.
Existem muitas alternativas de treino com e sem material e o facto de não te sentires segura no ginásio não deve ser um impeditivo de treinares. 

3 – Continua atento(a) às redes sociais e procura novas inspirações

A pandemia trouxe muitas alterações às nossas rotinas e ainda todos estamos a sofrer com as mudanças. Mas algumas até foram positivas, como o acesso e disponibilidade de muitas soluções online para nos mantermos em forma. Desde treinos de grupo em tempo real, a sessões de yoga personalizadas, tudo se pode encontrar no digital.
Se já seguias algumas pessoas que te inspiravam, segue mais, procura gente nova e desafios diferentes. Vais ver a tua motivação a subir.

4 – Aceita os desafios dos teus amigos ou conhecidos

Certamente já terás visto ou recebido uma mensagem de uma amigo a desafiar-te para fazeres um determinado exercício ou treino, como o desafio das 25 push-ups por dia durante 30 dias, ou o desafio roller-ball. Está na hora de dares seguimento, fazeres o desafio, e desafiares alguém de seguida.

5 – Faz treinos mais curtos

Todos temos fases em que não nos apetece treinar durante 45 minutos ou 1hora. Apetece fazer algo para não estar parado, mas queremos que seja rápido. Bem, existem soluções de treino de 20 minutos, 10 minutos e até 7 minutos que te irão surpreender por serem tão efetivos. Ainda não experimentaste? Procura e testa. Podes vir a gostar.

Estas são algumas opções de treinos alternativos para que não te aborreças e não te coloques em risco indo ao ginásio quando poderá ainda não ser uma opção segura.
Se tiveres alguma dúvida quanto ao treino mais indicado para ti ou quiseres ajuda profissional para finalmente atingires os teus objetivos, a equipa GetFit pode ajudar-te de certeza. Vê as nossas soluções de treino personalizado.

Deixa um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem publicado.